Sustentabilidade

Ser sustentável é levar desenvolvimento econômico sem esquecer-se da educação, da saúde, da segurança e do meio ambiente. Esses são nossos pilares de atuação sob os quais desenvolvemos mais de 30 projetos.

Territórios Sustentáveis

O programa Territórios Sustentáveis tem como objetivo a criação de políticas públicas para melhoria de qualidade de vida, com utilização equilibrada dos recursos naturais, visando à construção de um desenvolvimento territorial no oeste do Pará.

+ Veja mais

Relatório GRI

Informar a sociedade sobre nossas iniciativas de forma transparente. Esse é o objetivo do Relatório GRI.

+ Veja mais

Notícias

Mapa

Mapa de Localização

Em plena Amazônia, distantes 880 km da capital do Pará, é em Porto Trombetas que desenvolvemos nossas atividades.

+ Veja mais
​ 

Categoria (pt-br)

Com 12 milhões de hectares (o equivalente ao território de Portugal), a área de abrangência do programa envolve três municípios e uma população total de 88 mil pessoas, incluindo a população urbana, agricultores, comunidades ribeirinhas, indígenas e quilombolas. As principais atividades econômicas desenvolvidas nesse território são a coleta de castanha-do-pará, agricultura de subsistência, pesca, retirada de madeira, mineração e criação de gado. Hoje a mineração é a atividade que mais gera renda em Oriximiná e, aos poucos, também estará contribuindo com a renda de Faro e Terra Santa.

A produção agrícola familiar nas comunidades do Lago Sapucuá e do Médio Trombetas vêm ganhando impulso nos últimos anos por meio da parceria da empresa com o Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Oriximiná (STRO). Fazemos repasses financeiros ao STRO que possibilitam apoio técnico, treinamento, consultoria para elaboração de projetos sustentáveis, além de insumos e ferramentas.

O processo de regularização fundiária das terras da gleba Trombetas, no Lago Sapucuá, em Oriximiná, é um antigo anseio da população daquela área. Sensíveis a essa necessidade, firmamos convênio com o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (INCRA), Instituto de Terras do Pará (ITERPA), Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Oriximiná (STRO) e Associação das Comunidades Tradicionais da Área da Gleba Sapucuá (ACOMTAGS) para a realização de levantamentos cartoriais e ocupacionais. A iniciativa resultou no cadastramento, em 2002, de 1602 famílias, numa área de 162.940 hectares.

A prática da piscicultura é uma tradição em algumas comunidades amazônicas. Mas, até bem pouco tempo, a produção era feita de forma artesanal, algumas vezes predatória e com pouca organização comercial.

Programas em Meio Ambiente

Somos referência em reflorestamento de áreas mineradas, desenvolvemos o resgate de fauna e de flora e monitoramos primatas e abelhas.

+ Veja mais

Sequência Operacional

Uma grande estrutura montada no distrito de Porto Trombetas garante o atendimento dos mercados interno e externo com bauxita.

+ Veja mais

Porque trabalhar na MRN

Oferecemos um leque variado de benefícios, excelente estrutura de trabalho, segurança e oportunidade de crescimento profissional.

+ Veja mais

© 2012. MRN Todos os direitos reservados.        Política de Privacidade        Créditos Fotos