Sustentabilidade

Ser sustentável é levar desenvolvimento econômico sem esquecer-se da educação, da saúde, da segurança e do meio ambiente. Esses são nossos pilares de atuação sob os quais desenvolvemos mais de 30 projetos.

Territórios Sustentáveis

O programa Territórios Sustentáveis tem como objetivo a criação de políticas públicas para melhoria de qualidade de vida, com utilização equilibrada dos recursos naturais, visando à construção de um desenvolvimento territorial no oeste do Pará.

+ Veja mais

Relatório GRI

Informar a sociedade sobre nossas iniciativas de forma transparente. Esse é o objetivo do Relatório GRI.

+ Veja mais

Notícias

Mapa

Mapa de Localização

Em plena Amazônia, distantes 880 km da capital do Pará, é em Porto Trombetas que desenvolvemos nossas atividades.

+ Veja mais
​ 

Categoria (pt-br)

Desenvolvimento e sustentabilidade também são resultados de parceria.​​​​​

Empresas e instituições parceiras da MRN

​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​
  • Associação das Comunidades Tradicionais da Área da Gleba Sapucuá (ACOMTAGS)
  • Associação Terrasantense dos Agentes Ambientais Voluntários (Ataav)
  • Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa)
  • Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado do Pará (Emater/Oriximiná)
  • Faculdades Integradas do Tapajós (FIT/Zoofit)
  • Fundação Esperança
  • Instituto Brasileiro de Meio Ambiente (Ibama/MA)
  • Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio)
  • Instituto de Pesquisas da Amazônia (INPA)
  • Instituto de Terras do Pará (Iterpa)
  • Instituto Gaya de Defesa das Águas
  • Organização da Sociedade Civil de Interesse Público De Peito Aberto
  • Prefeitura Municipal de Oriximiná
  • Prefeitura Municipal de Terra Santa
  • Secretaria de Trabalho e Promoção Social, de Educação e de Saúde de Terra Santa
  • Secretaria Municipal de Agricultura de Terra Santa
  • Secretaria Municipal de Educação de Terra Santa
  • Secretaria Municipal de Saúde de Oriximiná
  • Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae/PA)
  • Serviço Social da Indústria (Sesi)
  • Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais de Terra Santa (STTR)
  • Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais de Oriximiná (STTRO)
  • STCP Engenharia
  • Universidade Federal de Goiás
  • Universidade Federal do Amazonas
  • Universidade Federal do Rio do Janeiro (UFRJ)
  • Universidade Federal de Viçosa (UFV)
  • Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF)
 

Depoimentos

Trabalhamos por um só objetivo – a sustentabilidade. Conheça a opinião de pesquisadores, membros de comunidades ribeirinhas e consultores parceiros
da MRN em programas e projetos sociais e ambientais.

  1. Alexander F. - Extensionista Rural da Emater - Pará/Oriximiná

    “A parceria com a Mineração Rio do Norte começou em 2007 com a implantação dos projetos Sistemas Agroflorestais e Piscicultura em tanques-rede que beneficiam muitas famílias de agricultores no Lago Sapucuá. Esses agricultores já produziram, consumiram e comercializaram muitos peixes e hoje estão produzindo, consumindo e comercializando uma vari ...
    Assunto: Depoimento

 

As premissas de sustentabilidade adotadas pela MRN estão fortemente evidenciadas em sua gestão dos resíduos sólidos industriais, cujos pilares são: o atendimento à legislação, os controles internos, a correta  destinação e a consolidação do processo de implantação do conceito estratégico de redução da geração desses resíduos.

 

Os resíduos gerados pelas diferentes áreas da MRN são endereçados aos pontos de controle e coleta localizados na área da mina e na área do porto, onde são quantificados, segregados por compatibilidade e armazenados até o início do processo de destinação. Este processo considera a natureza dos resíduos e os direciona para os eventos de incineração, reciclagem, re-refino e co-processamento.

 

A MRN acompanha todo o processo de destinação, e ainda exige e controla os Certificados de Destinação Final, emitidos pelas empresas contratadas, cujas performances - ambiental, operacional e de saúde ocupacional - são validadas periodicamente por auditorias contratadas, que dedicam, ainda, foco intensivo na rastreabilidade dos resíduos.


Importante registro documental, o Inventário de Resíduos Sólidos Industriais, realizado anualmente, é o instrumento de divulgação legal das tratativas realizadas pela MRN sobre esse assunto.  O Inventário é registrado no IBAMA, na Secretaria Estadual de Meio Ambiente (SEMA) e na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA), seguindo a legislação ambiental vigente no país.

 

 

Unidade de Triagem e Compostagem

A preocupação ambiental também existe quando o assunto é a separação e destinação adequada dos resíduos secos e úmidos gerados nas vilas residenciais do núcleo urbano. Por isso, criamos a UTC (Unidade de Triagem e Compostagem) de Porto Trombetas.

O processo de segregação do resíduo inicia-se com a separação manual e posterior enfardamento do que pode ser reciclado: papelão, plásticos rígidos, garrafas PET, latas e latinhas de alumínio.

O lixo úmido também é aproveitado pela empresa. Enviamos o resíduo para compostagem onde viram adubo orgânico. O adubo é utilizado no projeto Jardim Somando Verde da Mineração Rio do Norte, que estimula a plantação de jardins nas residências da vila. ​

Todo o papelão é transportado e doado para a República de Emaús, em Belém, que vende o material para empresas de reciclagem ou utiliza o lixo reaproveitável na produção de materiais como cadernetas, blocos de anotação, entre outros. A verba gerada com os reciclados é destinada aos projetos desta instituição, que atende crianças e adolescentes carentes de Belém. O restante do material residual é recolhido e vendido como sucata. ​​

O destino adequado para o lixo
O destino adequado para o lixo
O destino adequado para o lixo
O destino adequado para o lixo
O destino adequado para o lixo
O destino adequado para o lixo
O destino adequado para o lixo

O processo de licenciamento de nossas atividades é realizado junto aos órgãos ambientais competentes. Dependendo do objetivo da licença ou autorização, a mesma pode ser de competência do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA), Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema) e Agência Nacional de Águas (ANA).

Com o objetivo de receber, reabilitar e devolver à natureza animais capturados em projetos de resgate de fauna das áreas de mineração de bauxita, na Floresta Nacional Saracá-Taquera, implantamos um Centro de Triagem de Animais Silvestres (CETAS), em Porto Trombetas. O local foi licenciado pelo Instituto Brasileiro de Meio Ambiente (IBAMA) para funcionar a partir de 14 de fevereiro de 2012 e é o único CETAS do Pará. 

Página 1 de 11

Programas em Meio Ambiente

Somos referência em reflorestamento de áreas mineradas, desenvolvemos o resgate de fauna e de flora e monitoramos primatas e abelhas.

+ Veja mais

Sequência Operacional

Uma grande estrutura montada no distrito de Porto Trombetas garante o atendimento dos mercados interno e externo com bauxita.

+ Veja mais

Porque trabalhar na MRN

Oferecemos um leque variado de benefícios, excelente estrutura de trabalho, segurança e oportunidade de crescimento profissional.

+ Veja mais

© 2012. MRN Todos os direitos reservados.        Política de Privacidade        Créditos Fotos